09/10/2007

Inferno

Vi-te o inferno nos olhos

não acreditei, ignorei



vi-te com o inferno nos olhos

nada pude fazer



Senti-te crepitar

o inferno que tinhas

nos olhos



Vi-te enlouquecer

vi-te o inferno nos olhos




Sei que incendiaste a todos

ninguém foi poupado ao teu diabólico

Inferno





Vi-te

caminhar sobre o fogo

sem que este consumisse

o inferno que te vi nos olhos.



2 comentários:

nana disse...

e o teu antídoto... eras só tu.

Subterranian \ Ultravioleta disse...

yup. know what you're talkin' 'bout